5 lições que o pequeno varejista deve aprender com a Amazon
3 de janeiro de 2017
Veja como a automação por meio do omnichannel pode melhorar o atendimento aos seus clientes
23 de janeiro de 2017
Exibir tudo

Otimização de estoque: saiba como reduzir os custos

Engana-se o empreendedor que pensa no estoque apenas como um depósito de produtos e insumos. Manter esse setor funcionando perfeitamente é o que permitirá manter a qualidade na prestação de serviço — se um cliente entra no seu supermercado procurando um produto e você não o tem em estoque, pode quebrar a confiança do comprador na empresa.

Para manter seu estoque abastecido com os itens necessários e economizar dinheiro, é preciso ter organização e saber comprar. Quer aprender mais? A gente te ensina a fazer a otimização de estoque no artigo de hoje!

1. Mantenha a organização

A dica parece simples, mas com certeza fará toda a diferença na hora de gerir seu estoque. Afinal, do que adianta ter um espaço propício para armazenar seus itens se o ambiente não estiver organizado?

Se o estoque não for disposto estrategicamente, você acaba perdendo dinheiro: produtos podem passar do prazo de validade e até estragar por conta das más condições de armazenamento. Por isso, é importante ficar de olho na maneira como você guarda suas compras, garantindo a qualidade e o fácil acesso aos itens estocados.

Para manter o armazém organizado, use prateleiras e disponha os produtos de forma inteligente. Os mais pesados, por exemplo, devem ficar na parte baixa das prateleiras, para facilitar o transporte. Os que têm uma boa saída precisam ser de fácil alcance, já que sua rotatividade é maior.

2. Controle as entradas e saídas

Não caia nessa armadilha: deixar de registrar os produtos que são retirados ou colocados no estoque prejudica toda a organização da empresa.

O controle eficiente das entradas e saídas te ajuda a não ficar com estoque excessivo ou faltante. Em ambos os casos, a empresa acaba perdendo dinheiro. Quando sobram os produtos, eles acabam passando do prazo de validade ou ocupando espaço útil no armazém. Quando faltam, as transações podem ser prejudicadas e o consumidor acaba insatisfeito.

Monitorando a movimentação do seu inventário, você ainda consegue otimizar as compras futuras. Sabendo o que é mais ou menos vendável no seu supermercado, fica mais fácil planejar os pedidos aos fornecedores. Por isso, não deixe de documentar cada entrada e saída que ocorrer no estoque.

3. Adote um software

Como registrar as entradas e saídas do seu estoque? Não é fácil fazer isso usando só caneta e papel, certo? Por isso, é importante ficar de olho na tecnologia, que já dá uma mãozinha para os empreendedores que querem fazer a otimização de estoque.

Contar com uma ferramenta eletrônica faz toda a diferença. Com alguns cliques no seu smartphone ou tablet, você poderá computar todo item que é acrescentado ou retirado do estoque, além de gerar gráficos e tabelas para saber quais têm mais saída. Isso otimizará suas futuras compras e ainda evitará o desperdício de produtos.

4. Fique de olho nos prazos

Para simplificar suas compras de produtos, nada melhor do que manter uma boa relação com os fornecedores. Quando há confiança nesse relacionamento entre empresa e fornecedor, o empreendedor sabe que pode contar com a entrega de itens dentro do prazo determinado.

Isso evita que você fique sem itens no seu depósito, o que comprometeria as vendas. Por isso, escolha sempre os parceiros que cumprem os deadlines e que entregam com qualidade e responsabilidade as encomendas feitas.

Para ficar ainda melhor, o contato saudável com as companhias fornecedoras ainda favorece as negociações. Fica mais fácil conseguir descontos e condições de pagamento diferenciais.

5. Aplique a Logística Enxuta

Desperdício é qualquer iniciativa da empresa que não agregue valor aos seus produtos. A cadeia de suprimentos sofre com essas perdas, principalmente quando o empreendedor não tem consciência das proporções reais do desperdício e o quanto ele prejudica o negócio.

A Logística Enxuta surge como solução diante das perdas. Sua função é identificar e reverter desperdícios.

Para começar, suas compras devem condizer com as vendas — produtos vendáveis não podem faltar no estoque e produtos que vendem pouco precisam ser adquiridos em menor quantidade. Conversar com o fornecedor para saber todos os detalhes sobre o armazenamento ideal também ajuda a evitar o desperdício e não perder dinheiro.

Gostou de aprender como fazer a otimização de estoque? Para continuar por dentro das nossas dicas, siga-nos no Facebook!  Entre em contato conosco e veja o que podemos oferecer ao seu empreendimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o e-book grátis!
Guia prático: otimize processos da sua empresa de varejo!
Baixar Agora!

Send this to a friend