5 ações para aumentar as vendas de final de ano no supermercado

As vendas de final de ano são potencializadas tradicionalmente pelo 13º Salário e pelo clima de comemoração entre as pessoas e famílias. Em 2018, a previsão da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) é de que haja um crescimento nominal de vendas de 10,27% sobre o mesmo período do ano passado. Já o aumento de faturamento em reais chegará a 1,93%.

Em um ano marcado pela crise dos caminhoneiros, indefinições políticas no primeiro semestre e polarização eleitoral no segundo, a entrada de R$ 211,2 bilhões na economia estimulará os supermercados a aumentarem suas vendas nos últimos dias do calendário.

Mas será que seu estabelecimento está pronto para atrair, convencer e vender para esses clientes? Quer descobrir 5 ações básicas para não perder oportunidades de vendas de final de ano? Então continue lendo e confira!

1. Crie um plano promocional

O plano promocional é um documento que reúne todas as informações sobre as ações que serão realizadas em determinado período. Alguns itens são indispensáveis em sua formulação, como:

  • metas a serem atingidas;
  • produtos a serem ofertados;
  • mecanismos de promoção;
  • parceiros e fornecedores envolvidos;
  • responsáveis e suas atribuições;
  • possíveis pesquisas e dados usados na tomada de decisão.

O plano pode ser usado para convencer fornecedores sobre o potencial sucesso de uma campanha e sobre seu real impacto nas vendas de final de ano. Ele pode determinar, por exemplo, vários níveis percentuais de redução de preços praticados pelo parceiro, caso o supermercado comercialize determinadas quantidades de um produto.

2. Avalie os produtos a serem ofertados

Alguns produtos como pernil, panetone, peru, frutas e vinhos importados funcionam como verdadeiros ímãs de compradores. Outros, como taças, assadeiras, brinquedos e bebidas nacionais, são ótimos complementos a qualquer compra. Por fim, existem aqueles itens que costumam “encalhar”, ficando parados no estoque.

As vendas de final de ano são bons momentos para analisar os diversos perfis de produtos e montar uma estratégia de oferta casada, em que a pessoa compra uma quantidade de um item e recebe desconto ou ganha outro.

Por isso, avalie quais produtos possuem familiaridade ou seriam interessantes para os clientes de sua loja. Dessa forma, você evita que haja encalhe ao final do ano e o consumidor reaja ao estímulo da oportunidade, mesmo que incida e aumento dos gastos.

3. Conte com um bom sistema de gestão

Um bom sistema de gestão deve acompanhar a rotina do supermercado durante todo o ano. No entanto, no momento do planejamento, análise de vendas, acompanhamento de ações e do nível de estoque, esse software torna-se ainda mais relevante.

Logo, avalie se seu sistema está preparado para dar as informações dos passos anteriores e, caso não esteja, procure uma solução tecnológica para apoiar todos os processos de seu supermercado.

4. Elabore as ações promocionais

As ações promocionais começam com o enfeite da loja com itens decorativos de final de ano e vão até as promoções propriamente ditas. Listamos algumas ideias de ações, mas elas devem ser adaptadas para a realidade de seu supermercado:

Cupom de desconto

Reduzir o preço de produtos é a ação promocional mais básica que existe. A ideia aqui é oferecer cupons de desconto caso a pessoa realize uma ação desejada pela loja. Por exemplo, se ela compartilhar um item usando suas redes sociais, se ela comprar um produto com pouca saída, ou, ainda, se comprar em grande quantidade.

Seu estabelecimento também pode trocar itens, ao invés de dar descontos. Isso é comum nas campanhas de refrigerantes. As pessoas trocam as tampinhas e acrescentam um valor a mais para conseguir um item colecionável. No caso do seu supermercado, ela pode atingir determinado valor de compra para ganhar itens relacionados às festas de final de ano, por exemplo.

Voucher de experiência

Essa ideia é como a do cupom. Contudo, em vez de itens colecionáveis ou redução de preços, o seu supermercado fará parcerias com o comércio local e oferecerá a possibilidade da pessoa consumir algum produto ou serviço da região. Por exemplo, em compras acima de R$ 200,00, a pessoa ganharia uma sessão de massagem ou esmaltaria as mãos.

Alguns parceiros ofertarão os serviços e experiências sem cobrar, outros exigirão uma compensação financeira. Faça os cálculos e avalie qual o valor mínimo das compras seria necessário para o seu supermercado não ficar com prejuízo, estimulando, como benefício, uma experiência com valor superestimado, e que dê uma percepção negativa.

Gincana no interior da loja

As manhãs do Natal e Ano Novo costumam ser bem sossegadas na maioria dos supermercados. Para reverter essa situação, ofereça uma gincana que envolva crianças e seus pais. Uma caça ao tesouro, com brindes interessantes, será o suficiente para provocar uma movimentação na loja.

Para receber os ingressos da gincana, exija determinado valor de compras ou estimule a aquisição de alguns produtos em específico. Por exemplo, apenas os produtos com o selo “Caça ao tesouro” fazem parte da promoção e a pessoa precisa comprar determinada quantidade para receber o ingresso.

5. Utilize a internet para divulgar

Atualmente, os brasileiros passam, em média, 9 horas por dia navegando na internet, segundo pesquisa da ESET. As redes sociais ficam com 3,5 horas desse tempo e foram capazes de redefinir o debate eleitoral, conforme aponta o relatório 2018 Global Digital. Ou seja, se você quer atrair mais pessoas e vender mais, então está na hora de utilizar a internet para disseminar as promoções e informações sobre sua loja.

Sua equipe poderia usar o Facebook, por exemplo, para oferecer cupons de descontos especiais para quem curta uma postagem ou envie mensagens via WhatsApp, indicando uma página de inscrição para um sorteio com bons brindes e prêmios.

O efeito viral das redes sociais ajudará seu supermercado a divulgar sua marca a um baixo custo e criará uma maneira de se relacionar com os clientes, não só para fomentar as vendas de final de ano, mas as promoções do ano todo!

Conclusão

As vendas de final de ano são a última oportunidade para os supermercados aumentarem suas receitas, baterem ou se aproximarem da meta de faturamento de 2018 e reduzir o estoque de produtos para iniciar o próximo ano. Ainda assim, apenas 18% dos empresários acreditam que haverá um aumento de vendas comparado a 2017, segundo a Abras.

Por isso, aproveite a falta de otimismo dos concorrentes, adote as ações aqui mencionadas e se prepare para cativar os clientes e aumentar suas vendas de final de ano!

Sugerimos a leitura do livro “Marketing de guerrilha para leigos” de Patrick Garrigan e Jonathan Margolis, e obtenha ainda mais inspiração para as ações promocionais e para superar seus concorrentes durante as vendas de final de ano e após elas.

Você acredita que essas 5 ações serão capazes de aumentas suas vendas de final de ano? Então compartilhe este texto em suas redes sociais e marque seus colaboradores para que eles também se motivem e pensem em como colocar em prática essas dicas!

Adicione um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked*