Comunicado sobre horário de verão!
26 de outubro de 2018
Comunicado sobre dificuldades na telefonia
1 de novembro de 2018
Exibir tudo

Tecnologia no varejo: custo ou investimento?

Em um mercado cada vez mais concorrido, a tecnologia no varejo tem se tornado absolutamente relevante para a obtenção de resultados mais otimistas a curto, médio e longo prazo.

Contudo, muitos empreendedores demonstram considerável resistência na inclusão de recursos tecnológicos dentro dos fluxos de trabalho, não reconhecendo tais aquisições como investimentos, mas como meros custos.

Por esse motivo, propomos explicar neste artigo qual é a importância da tecnologia nas empresas, além dos processos internos e faturamentos podem ser alavancados se adequadamente implantados. Acompanhe!

Relevância da tecnologia no varejo

Diferentemente do que ocorria há 10 anos, o consumo varejista sofreu profundas mudanças na forma como é realizado. Isso decorreu em resposta aos avanços tecnológicos, como smartphones, Internet das Coisas e redes sociais, já tão presentes na vida do consumidor 4.0.

Sendo assim, desde a fase de planejamento empresarial até a efetiva saída de produtos dos estabelecimentos, os ciclos de venda, dependem muito mais da capacidade que as marcas têm em fornecer experiências mais completas a seus clientes do que a simples entrega de mercadorias.

Para que isso seja possível, de acordo com a nova lógica varejista, o posicionamento no mercado somente pode ser definido com a incorporação de ferramentas tecnológicas de ponta nos processos internos, a fim de acompanhar esse novo panorama digital de oferta e procura.

Dessa forma, a adoção de um software de gestão, de beacons e de dispositivos de realidade aumentada — como serão brevemente explicados a seguir — viabiliza um retorno financeiro mais positivo às companhias varejistas. Isso porque se alinha às demandas atuais de mercado e confere um grande diferencial competitivo em todas as esferas.

Principais vantagens

Não há dúvidas de que a substituição do trabalho manual por sistemas integrados economiza tempo, energia e dinheiro.Os principais benefícios de adotar recursos inteligentes no cenário empresarial estão a seguir:

Proteção de dados

As informações geradas e processadas pelas empresas são consideradas bens de grande valor — que precisam ser protegidos pelos gestores e colaboradores a fim de que o acesso não autorizado e as fraudes por terceiros sejam combatidos com eficiência. Tais ilegalidades se justificam, muitas vezes, no fato de que esses dados retidos dizem respeito a questões estratégicas das marcas ou sigilosas.

Para isso, a utilização de sistemas criptografados e a inclusão de cópias de segurança (backup) são indispensáveis para a manipulação, armazenamento e transferência desses ativos dentro das empresas, sem riscos.

Bancos de dados inteligentes e tomada de decisões estratégicas

À medida que os dados sobre estoques, índices de venda, faturamentos e feedbacks são coletados, um acervo valioso pode ser melhor armazenado em sistemas inteligentes de gestão empresarial.

Tais bancos de dados são facilmente convertidos pelos próprios softwares em informações precisas para a tomada de decisões mais acertadas.

Business Intelligence (Inteligência de Negócios, em inglês), por exemplo, são programas que conseguem efetuar os processos analíticos e de filtragem de dados mais relevantes, transformando-os em relatórios gerenciais de suporte para diretores e gestores.

Aumento das vendas

A venda em lojas físicas também conta com o apoio de sistemas específicos capazes de integrar toda a rede das empresas — desde as informações sobre estoques até a quantidade atualizada de produtos vendidos ao longo do dia.

Nesse sentido, os consumidores podem utilizar tecnologias integradas a esses sistemas corporativos, como o e-commerce, para facilitar toda a compra.

Otimização dos processos internos e redução de custos

Recontagem manual de estoques e registro de compras em papéis são práticas extintas em empresas varejistas que utilizam a tecnologia como estratégia concorrencial. Isso porque tais dispositivos otimizam profundamente a forma como os trabalhos são realizados pelos colaboradores após a transformação digital nas organizações.

Os sistemas integrados reduzem a necessidade de retrabalhos, na medida em que conferem mais segurança e facilidade ao manuseio de informações corporativas, como variações nos fluxos de caixa, dados de fornecedores e outros. Em consequência, boa parte do tempo gasto pelos funcionários pode ser poupada e redirecionada para outras atividades mais relevantes.

Tendências tecnológicas na atualidade

Aumento das vendas, otimização dos fluxos de trabalho e segurança das informações. Esses são cenários reais que confirmam a importância e a necessidade da transformação digital dentro das companhias. Para isso, existem dezenas de ferramentas tecnológicas disponíveis no mercado B2B.

Conheça, agora, algumas tendências do momento!

Realidade virtual e realidade aumentada

Embora lançadas no mercado há alguns anos, os dispositivos de realidade virtual e de realidade aumentada são cada vez mais explorados em lojas de todos os segmentos — afinal, essa estratégia de interação dos clientes com as marcas amplia bastante as possibilidades de compra e de fidelização.

Já é possível, por exemplo, que consumidores consigam visualizar exatamente o que está disponível nas prateleiras de um supermercado no conforto de suas casas com o uso de óculos de realidade virtual conectados à internet.

Beacons

Esses dispositivos eletrônicos prometem inovar, ainda mais, a forma como os produtos e serviços são vendidos pelo mundo. Disponíveis no Brasil desde meados de 2017, esses pequenos aparelhos de rastreamento são capazes de localizar a posição exata dos clientes que venham a adentrar nas lojas em poucos segundos.

A partir disso, os consumidores podem receber instantaneamente cupons de desconto e promoções do dia. Basta que o bluetooth de seus smartphones esteja ligado. Por esse motivo, o recurso já chama a atenção de muitos varejistas diante das infinitas possibilidades de estímulo na compra.

Software de gestão integrado

Agilidade e qualidade são as premissas básicas de todo e qualquer empreendedor varejista, a decisão de compra está diretamente relacionada ao desempenho dos colaboradores e dos sistemas de apoio utilizados durante o atendimento. Contudo, de nada adiantaria reter os melhores vendedores do mercado, se munidos com sistemas ineficientes.

Por isso, a adoção de softwares de gestão, além de conceder total suporte no gerenciamento de custos e de faturamentos com segurança e velocidade, auxilia os funcionários no processamento das informações pertinentes à venda, como estoques e saídas de caixa. Tudo para garantir a máxima excelência.

Conclusão

Caso tenha interesse, o livro “Varejo & tecnologia — o futuro do seu negócio passa por aqui”, de Regiane Relva, é uma excelente opção de leitura complementar sobre o assunto abordado neste artigo. A obra propõe apresentar as principais tecnológicas utilizadas no mercado varejista e seus impactos.

Percebe a importância da tecnologia no varejo? De fato, são muitas as vantagens e possibilidades disponíveis nos dias de hoje. Se quiser saber mais sobre o software gerencial integrado desenvolvido pela Lumi e suas funcionalidades, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o e-book grátis!
Guia prático: otimize processos da sua empresa de varejo!
Baixar Agora!

Send this to a friend